quarta-feira, 4 de novembro de 2009

"que me leve longe..."


"É fácil viver o esperado e o convencional. É quando se vive o inesperado que se começa a ter uma vida divertida"

p. 111, Manual do Messias, Richard Bach

Nada premeditado. Idéia fixa, surpresa inacreditável, sentimentos emergidos como águas termais...

Gêiser

"Não, páre de pensar"... como se todos os pensamentos fossem ela e dela... sentia-me assim tão artificial perto de ti quando minha mente inteira só tinha uma imagem... (mas nenhuma idéia de como aproximar-se)... sentia-me proposital, olhar explícito e demorado que emaranhava-se no seu semblante como uma criança olhando para a doçura. E neste estado magnético me dizia que apenas engano eu inspirava, incapaz que era de acreditar em 'co-incidências', atrações gravitacionais... sentimentais...

Páre, não nade nessa correnteza, que não sairás do lugar... antes, deixe-se levar... leve como uma semente atirada nas águas esperando alcançar o amor da areia para brotar... viva simplesmente, estar (nas mãos do destino)... nas suas mãos... natural - palavra mágica... é-para-ser

É


Simples(mente) - pensando
...................pensamento
..................mentalizando........não,
....................sentindo...

Você... e a sós
às margens do rio de sal
aos pés do sol
sobre tudo e qualquer coisa
tranquilamente (sem hesitação)
Ao seu lado
............"deite comigo"
mãos nos cabelos
...................mais perto
sorriso tão lindo
...................um beijo indireto
o sangue fluindo
...................para mais perto

(incrédulo) - Como?
...............Como?
...............Como?

Do céu do anjo
Agora comigo
sentindo
.....infinito

riso
perplexo
..........como a saudade
apoderou-se
..............do pensamento
e só o que existe é saudade
...sem tua voz
......nós
......nós
......nós
......nós
......nós
......nós.

3 comentários:

BizZaR ala CaRte disse...

nossa...
arasou

BizZaR ala CaRte disse...

ui ui ui

Samis disse...

=~)



(a palavra que apareceu para verificação foi: fieis - que coisa, não...)