quinta-feira, 3 de outubro de 2013

Te Ver


Hoje eu me senti muito 
bem ao te ver...
Acho que estou pronto para 
te descobrir
Como alguém novo
diante de mim.

Hoje sou completamente diverso de quem conhecestes
Olho pras fotos antigas e
não me reconheço
É lindo aquele casal
Mas não sou eu...
Nem é você...
São pessoas de um mundo 
guardado no infinito
diverso de agora...

Hoje aprendi uma
autonomia suficiente
para descobrir-me próprio
e tu passou por veredas que te nasceram 
novamente

O outrora é agora uma imagem sem a gente
E agora damos novos passos
pra frente.

02/10/13 - 2h50, sem conseguir dormir de musicar e lembrando do encontro do fim da tarde...

Uma música - Infinito - Onda Vaga

Um comentário:

Marilene Alves disse...

Coisa mais linda que o olhar sensivel é a ressignificação desse olhar! *_*