terça-feira, 4 de agosto de 2009

Sem maquiagem

Pule nos meus braços (agora)
Deixe-me desmentir minhas idéias
Podem elas estarem todas erradas?
Eu não sei mais o que é o erro
Sei apenas que estou
Também
Derramado no teu
Seu
Assim,
Simples
Incondicional
Sem medo (confiando)
Sem certeza (não preciso)
Sem fim (no instante)
Contigo (comigo)

2 comentários:

Fernandes disse...

Me amas mesmo sem maquiagem? =p

Rodrigo Nazca disse...

tanto, tanto, tanto!